você concorda?





10 razões para ser (ou não) um arquiteto.

1. É um estilo de vida, não um trabalho.


Arquitetos normalmente tendem a pensar sobre a arquitetura o tempo todo. Não apenas grandes edifícios e projetos, mas cada coisa em todo lugar que ele for. Está sempre a olhar os materiais, forma, volumetria, iluminação, etc. Se for fazer uma viagem, começa planejando os edifícios que vai querer visitar. Provavelmente 90% de todos os livros e revistas que compra são sobre arquitetura. E adoram ganhar isso de presente de Natal, inclusive.





2. Pessoas respeitam arquitetos.


Mesmo entendendo muito bem o que fazemos, há uma percepção de que os arquitetos são éticos e responsáveis e se esforçam para tomar a decisão certa. Arquitetos geralmente não são vistos como movidos por recompensas financeiras, já os advogados...





3. Seu trabalho está em constante atualização.


A arquitetura é uma profissão dinâmica. Arquitetos não são meros artistas - estão em constante pesquisa de produtos e novos métodos de construção, criam novos conceitos de design que modernizem suas obras.



4. Liberdade artística e expressão pessoal.


10 arquitetos trabalhando para um mesmo cliente e um mesmo problema oferecerão 10 diferentes soluções. Sempre.



5. Você pode ser seu próprio patrão.


Você pode ser a sua própria empresa, participar de competições e ganhar comissões sobre seus grandes projetos.



6. Os resultados são tangíveis (e muitas vezes causam euforia).


Qualquer arquiteto que já viu um projeto no qual trabalharam sendo construído sabe exatamente o que isto significa. É como ter seu próprio laboratório, onde você pode experimentar e aperfeiçoar as coisas que você considera ser importante e de valor. Os arquitetos em geral têm um senso de propriedade em todos os projetos que trabalham.



7. Nós podemos impactar positivamente a vida das pessoas.


É gratificante desenvolver um relacionamento pessoal com seu cliente, especialmente quando você sabe que o processo irá produzir um produto final mais frutífero. Ao compreender o processo, os nossos clientes apreciam o produto. Ao apreciar o produto, eles estão reconhecendo o papel que desempenha.



8. Experimentação.


Em arquitetura dificilmente existe o certo e o errado. Por isso há um sentimento libertador de que você está aqui com a finalidade de transmitir a sua própria personalidade no projeto. Espera-se que tente coisas novas, explore diferentes materiais, e incorpore tecnologias emergentes em cada projeto.



9. Longevidade da carreira.


Você pode praticar a profissão de arquitetura até a idade que desejar, você sempre será um arquiteto mesmo quando não é mais o seu trabalho. A maioria dos arquitetos alcançam o sucesso aos 50 anos. Você conhece algum arquiteto aposentado? Eu não...



10. Incrível variedade de opções dentro da profissão.


Você pode flutuar entre grandes e pequenas empresas, no papel do arquiteto do projeto ou de gestão. Você pode trabalhar em segmentos de mercado diferentes, como hotelaria, residencial, comercial, cívico, paisagismo, interiores, design e continuará a ser um arquiteto.



Bonus. Podemos usar óculos ridículos.


As pessoas esperam que os arquitetos seja uma mix de nerd e artista criativo. Este conflito de paradigmas sociais conhecidos permite uma maior liberdade ao definir um estilo pessoal em se vestir.

Porém nem tudo são flores...





10 razões para NÃO ser um Arquiteto



1. Seu círculo de amizades não vai ter muita diversidade.

Na maioria, os arquitetos são amigos de outros arquitetos. Isto é porque eles são as únicas pessoas que você vê devido ao item 3,ou por que seus interesses mais próximos se alinham com os deles (porque os arquitetos não param de ser arquitetos às 18:00hs). À propósito, casais de arquitetos são bem mais comuns que casais de advogados, engenheiros, administradores...



2. O salário e os benefícios não são tão bons quanto eles poderiam ser.

A maioria das empresas de arquitetura não oferecem abrangentes pacotes de benefícios que seria considerado normal em outros setores profissionais. São raros os escritórios que contratam arquitetos com carteira assinada, quem dirá oferecer plano de saúde. Para ganhar dinheiro com arquitetura, quase sempre é necessário ser dono ou sócio do próprio escritório.



3. O horário de trabalho é longo e sub-valorizado.

O tempo que você gasta trabalhando em um projeto, em muitos aspectos, é proporcional à qualidade do produto final. É muito difícil separar o desejo de criar algo e o tempo que você tem para criá-lo. Como resultado, os arquitetos tendem a trabalhar até altas horas desenvolvendo inúmeros estudos de possíveis soluções. E dificilmente conseguem cobrar por estas horas extras.



4. Seus ideais não importam realmente.

Seus clientes irão contratá-lo para dar-lhes um produto que eles querem, não necessariamente o que você quer. A maioria dos projetos são desenvolvidos para o lucro, todos querem mais por menos. Haverá momentos em que você é solicitado para fazer algo que você sabe que é a coisa errada a fazer. Com base em sua necessidade para o trabalho, ou a força de sua personalidade, você terá de fazer concessões que vão fazer você quer morrer.



5. Se os seus ideais são importantes para você, você vai perder o seu trabalho.

Se você quiser impor suas idéias nos projetos, e não tiver fama e reconhecimento para isto, os clientes irão dispensá-lo.



6. Nem todos os arquitetos têm empregos glamurosos.

Poquíssimos arquitetos abaixo de 10 anos de estrada em suas carreiras são "designers" (aqueles que decidem o partido arquitetônico). A maioria são “peões” do projeto. Este papel pode ser muito gratificante,mas haverá momentos em que o que você faz é inimaginávelmente entediante e chato. Exemplo: fazer os desenhos técnicos executivos do projeto.



7. A casa em que vive vai deprimí-lo.

Depois de muitos anos de trabalho (e se tiver “saco” para isso) é que você vai poder construir a casa dos seus sonhos para morar. Até lá...



8. Você vai ter que conviver com seus erros.

A natureza da arquitetura inclui e às vezes exige experimentação. Como resultado, você vai tomar decisões erradas em seus projetos e terá que viver com o conhecimento de que sua idéia ruim está arruinando a vida das pessoas todos os dias. A boa notícia é que os edifícios estão cada vez mais descartáveis e agora será apenas uma questão de tempo antes que o erro seja corrigido por alguém. Ah, sim - os projetos bons que você fez também... e logo poderá ser demolido para dar lugar a uma outra agência bancária.



9. Arquitetura requer muito trabalho e dedicação.

Arquitetos estudam por um longo tempo, e têm de trabalhar durante anos para ganhar a experiência necessária para serem considerados "arquitetos".



10. Você provavelmente não vai ser “O” arquiteto.

Aquele que assina o projeto, aparece nas revistas, dá entrevistas, interage com os clientes, vê as obras acabadas. Pensa que é fácil ser um Oscar Niemeyer??

Recebi por email pessoal, verdades e mentiras!

Abraços